A primeira papa não se esquece…
Por isso a eleita foi a cenourinha!!!


Naturalmente doces e com uma textura suave e cremosa, são ricas em antioxidantes, tais como o betacaroteno, que é percursor da vitamina A e em fibras solúveis que ajudam a regular os níveis de açúcar do bebé e ajudam na função intestinal. Por todas estas razões, são uma excelente escolha nesta fase inicial da diversificação alimentar.
Cá em casa, sempre que possível, para as nossas papinhas caseiras, preferimos as cenouras mais escuras e biológicas, já que as cultivadas em modos de produção convencionais podem apresentar níveis de nitratos e resíduos de pesticidas elevados.
No início, é de esperar que o bebé coma apenas duas ou três colheres de sopa. Tal é normal e esperado. Lembre-se que isto é tudo uma grande novidade para ele. Para além disso, não utilize grandes quantidades de água na cozedura deste e outros legumes.  Deve usar apenas a água suficiente para obter uma papinha de cenoura, que em todo o caso não deve ser aguada e deve ter a consistência de um creme.
Agora que terminei todas as recomendações, só me resta desejar que desfrute desta experiência ao máximo, juntamente com o seu pimpolho.
No meu caso, tenho a certeza que esta papinha de cenoura vai ficar para sempre na minha memória, como o primeiro dia de mais uma etapa, neste nosso maravilhoso percurso de mamã e Xiquinha.

Receita01

Bon Appetit

48 Comments

  • Patricia Palma diz:

    Ola sandra.
    Sou a Patricia, mãe de uma menina de 5 anos e agora de um bebé de 25 dias 🙂
    Desta vez decidi amamentar, coisa que não consegui fazer há cinco anos… O matias é um bebé grande, logo, muito comilão. E estou sempre com receio da maminha não ter tudo o que ele necessita.
    Como a Sandra está mais experiente, e também pela sua formação, eu pretendia saber que alimentos poderei eu comer ter um leitinho bom. Já que a quantidade depende mais da estimulação que o Matias faz às maminhas.
    Desejo todo o sucesso para o projecto, e muita saúde e felicidade para a Xica 🙂

  • Tão fácil e tão bom!
    Com estas imagens deliciosas, familiares e sinceras, vai ser difícil largar este blogue.
    Mesmo sem bebés em casa 🙂

    http://www.trendylisbon.com

  • Sandra Santos diz:

    Obrigada, ficamos mesmo contentes! Vou espreitar o Trendy Lisbon, sempre dá para tirar umas ideias porque com bebés é um desastre, veste-se o primeiro trapinho: não há tempo para nada!!! 😉

  • Sandra Santos diz:

    Olá Patrícia,
    Não há nada melhor que o leite materno e tenho a certeza que está a dar ao Matias tudo o que ele precisa, principalmente se está a crescer bem e saudável. A Francisca nessa altura andava sempre agarrada às mamocas e até cheguei a pensar que passava fome mas a balança não engana e aumentava sempre bem de peso; era e ainda é uma comilona 🙂
    O leite materno é aquilo a que eu chamo um alimento inteligente que responde às necessidades de cada bebé.
    De qualquer modo é uma excelente sugestão para um post e faz todo o sentido: obrigada!!! Irei escrever muito, muito em breve!!

  • Tiffany diz:

    Ola Sandra!
    Tenho uma menina linda que vais fazer 6 meses amanhã.
    Só começei a dar as primeiras papas as 5 meses, até agora só lhe dou as papas da aptamil , sopa de cenoura e batata e fruta triturada.
    Como tem mais experiencia , estou a fazer tudo o certo?
    Ou posso dar mais variedade a minha filha?
    Obrigado

  • Filipa Cerqueira diz:

    Olá Sandra, tenho um menino que faz 4 meses no dia 7, a médica disse que só deveria dar a primeira sopa os 6 meses que me aconselham bjs

  • Susana Simoes diz:

    Ola Sandra e Catarre
    Desde já parabens pela vossa filhota. Eu sou a Susana, vivo em França e sou mãe de uma menina de quase 5 anos e de gêmeos( menina e menino) q tem em breve 5 meses. Eu tb comecei pela puré de cenoura não sabia é q podia meter leite do bebé na puré. Eu meto um bocadinho de manteiga….e o q fazem na creche onde trabalho. Estamos sempre a aprender. Eu sou Educadora de Infância, mas confesso q em relação a cozinhados não é o meu forte. Tenho aprendido bastante com o cozinheiro da creche, Pois temos o privilégio de ter cozinha própria, pq na maioria das creches por aqui…São pratos feitos em cozinhas centrais e depois distribuídos. Tive conhecimento do vosso blog pelo Facebook. …vou continuar a seguir as vossas dicas. Beijinhos e felicidades

  • Sara Correia diz:

    Olá. Iniciei a introdução dos alimentos e não sabia que podíamos introduzir a cenoura aos 4 meses. Adorei a ideia e vou tentar já este fim de semana. E gostaria de dar uma ideia para um post sobre a introdução da fruta: crua vs cozida. Obrigada

  • Graça Sousa diz:

    Ola sandra.
    Sou a Graça, mãe pela quarta vez mas com muitas dúvidas pois desta vez decidi amamentar, coisa que não consegui fazer com os outros meus filhos agora de um bebé de 4 meses
    O Lourenço é um bebé muito comilão. E já estou a iniciar a sopa e a fruta mas estou preocupada pois ele não está a gostar e eu forço mas passado duas horas sente fome e necessidade ir á maminha.
    Como a Sandra está mais experiente, e também pela sua formação, eu pretendia saber que poderei fazer.
    Desejo tudo de bom para si e para a Xica , Felicidades

  • Sandra Santos diz:

    É normal que no início eles estranhem um bocadinho e comam muito pouco… E ele ainda é novinho, só por volta dos 5-6 meses é que eles começam a dar sinais de querer experimentar a nossa comidinha, facilitando a nossa tarefa de intoduzir novos alimentos. Como ainda dá maminha e segundo percebi o Lourenço está a crescer bem não há necessidade de forçar. Com muita calma e sem stress Graça! Para ter uma ideia, se estivermos por casa e lhe der o soninho, a Francisca pede mama passado muito pouco tempo depois de comer e olhe que ela come bem… São comilões mas a maminha também dá consolo e às vezes é por isso que eles as pedem mais vezes do que nós gostaríamos 🙂

  • Sandra Santos diz:

    Eu recomendo que a diversificação alimentar comece mais tarde, por volta dos 6 meses mas se por algum motivo tal não for possível, esta é uma excelente papinha para dar início à introdução de alimentos sólidos. Excelente ideia para post!!! Obrigada

  • Sandra Santos diz:

    Olá Susana, é bom saber que chegamos até França 🙂
    O leitinho facilita a aceitação e também tem gordura que o bebé precisa e a cenoura não tem. Experimente trocar a manteiga por uma colher de chá de azeite que é uma gordura mais saudável. beijinhos e felicidades

  • Sandra Santos diz:

    Concordo plenamente! Apenas publiquei uma papinha a partir do 4 meses para situações especiais, em que por algum motivo, tenham que iniciar a diversificação alimentar mais cedo. Caso contrário, acho que se deve iniciar o mais próximo possível dos 6 meses! beijinhos

  • Sandra Santos diz:

    Parabéns!! 6 mesinhos!! A partir de agora eu começaria por introduzir mais legumes, bem como as carnes brancas (aves). Porque não experimenta a sopa de abóbora? É perfeita porque tem a abóbora e a cebola que ela ainda não experimentou e o caldinho de frango caseiro, que é bom para introduzir antes da carne em si. Sabe como fazer o caldinho?

  • Margarida diz:

    Olá Sandra.
    Tenho um bebé de 5meses e tem engordado bem mas a enfermeira que o segue disse para eu comecar pela sopa, mas ele não gosta e eu não insisto, dou-lhe a maminha mas ele não fica satisfeito então o médico decidiu que eu lhe devia dar a papinha e o suplemento mas ele não quer o suplemento e a papinha come bem e gosta. Será que fiz mal dar -lhe a sopinha aos 4meses? E será que posso substituir a papa da nestle pela papinha de cenoura ou pela sopa?
    Obrigada e muitas felicidades para os 3

  • Tiffany diz:

    Não ! Como se confesiona o caldinho?
    Obrigado pela ajuda

  • Tiffany diz:

    Obrigado ☺ 6 meses que passaram muito rapidos , mas com muita alegria .
    Não ! Como se confesiona o caldinho?
    Obrigado pela ajuda aqui na alemanha os medicos nao ajudam muito neste aspecto .

  • Susana Simoes diz:

    Ola Sandra
    Obrigado pela dica vou fazê lo. Beijinhos e felicidades

  • Sandra Santos diz:

    Para a semana, em resposta aos pedidos de muitas mamãs, publicarei a receita do caldinho caseiro!

  • Tiffany diz:

    Obrigada 🙂

  • Sandra Santos diz:

    Olá Margarida,
    Não existem verdades inequívocas em relação a alimentação para bebés mas por norma acho que introduzir os alimentos sólidos logo aos quatro meses é um bocadinho cedo porque eles, a nível de desenvolvimento, ainda não estão bem preparados para tal. Mas não pense mais nisso!!! Eu também começo sempre pelos legumes, por uma simples razão: quando começamos pelos cereais ou fruta, por serem mais doces, depois torna-se mais difícil introduzir os legumes. Experimente trocar a papa da nestlé pela papinha de cenoura ou mesmo a sopa de abóbora (Atenção: sem o caldo caseiro!) e adicionando a ambas 1 a 2 colheres de sopa de leite materno. Esteja preparada para ele comer muito pouco e não sofra com isso; aos poucos e gradualmente vai aumentanto a dose. E se é da maminha que ele gosta continue a dar-lhe. porque diz que ele não fica satisfeito?

  • Dina diz:

    Olá Sandra! Em primeiro lugar gostava de lhe dar os parabéns pelo blog e pelas receitas criativas. Tenho um bebé que está quase a fazer 4 meses e a médica já falou na introdução da papa. Concordo, plenamente, consigo e vou introduzir is legumes primeiro, no entranto, fiquei a pensar no que disse relativamente à introdução de alimentos tão cedo. Infelizmente o meu pequeno Salvador já bebe leite em pó, devo introduzir outros alimentos ou devo esperar? Obrigada.

  • Sandra Santos diz:

    As actuais orientações da OMS recomendam que a diversificação alimentar seja iniciada o mais próximo dos seis meses possível e tal está relacionado com o desenvolvimento do bebé, que é independente do facto de estar a ser alimentado a leite materno ou fórmula. Se puder aguardar mais um bocadinho tanto melhor! Vai ver que será mais fácil para o Salvador aceitar novos alimentos quando adquirir novas competências. Um mês na vida de um bebé é imenso tempo, quando todos os dias nos presenteiam com uma nova descoberta! 🙂 Não vejo qualquer necessidade em começar já a introdução dos sólidos mas também não precisa de esperar religiosamente pelos 6 meses. Quando se sentir segura e achar que o Santiago está preparado é o momento!! Muitas felicidades, Sandra

  • Dina diz:

    Muito obrigada!! Esqueci-me de dar os parabéns pelas fotografias, estão fantásticas! Felicidades aos 3.

  • Alexandra Areal diz:

    A minha bebe faz 5 meses com LM exclusivo e daqui a 15 dias quero introduzir a alimentação sólida (antes de começar a trabalhar).
    Ela é um pouco presa dos intestinos e ouvi dizer que a cenoura faz prender ainda mais.
    É verdade??

  • Sandra Santos diz:

    Olá Alexandra! No início da diversificação alimentar é relativamente frequente que o bebé fique um bocadinho mais “preso” dos intestinos. É por norma uma fase transitória de adaptação. Até agora o LM tem sido suficiente mas é fundamental que quando iniciar a introdução de alimentos sólidos lhe ofereça água várias vezes ao dia. A cenoura é na realidade ligeiramente obstipante. Poderá substituí-la, nesta primeira papinha, por abóbora e depois introduzir a cenoura gradualmente juntamente com outros legumes com efeito contrário. Com a Francisca os bróculos funcionavam lindamente 🙂 E a partir dos 6 meses frutas como a papaia e manga são uma excelente opção. De qualquer modo depois conte-me como correu e se tiver alguma dúvida disponha! beijinhos, Sandra

  • Sara Isabel Jardinha Olho Azul diz:

    Olá Sandra, como diz um velho dita “quem não sabe é como quem não vê”, e para uma mãe de primeira viagem, tudo são dúvidas… sempre ouvi dizer que se deve iniciar pela sopa, até aqui tudo ok, por a razão que a Sandra já falou aqui inúmeras vez ( a papa é você, o que faz com que mais tarde recusem mais facilmente a sopinha). A minha estão é sempre que ouvimos falar da 1º sopinha do bebe, é batata, cenoura e cebola por fim um fio de azeite cru… mais tarde a minha base a alface, a abóbora tirando a cenoura da base, o feijão verde e por ai fora… vejo que as receitas da Sandra não tem essa base e mistura legumes com fruta e leite, não sei como fazer, desculpe a confusão mas é mesmo dúvidas de principiante e de quem tem medo de falhar 🙂 (já correu tanta coisa mal)…

  • Sara Isabel Jardinha Olho Azul diz:

    Olá Sandra, como diz um velho ditado “quem não sabe é como quem não vê”, e para uma mãe de primeira viagem, tudo são dúvidas… sempre ouvi dizer que se deve iniciar pela sopa, até aqui tudo ok, por a razão que a Sandra já falou aqui inúmeras vezes ( a papa é doce, o que faz com que mais tarde recusem mais facilmente a sopinha). A minha questão é sempre que ouvimos falar da 1º sopinha do bebe,… é batata, cenoura, cebola e por fim um fio de azeite cru… mais tarde a mesma base e acrescenta a alface, a abóbora tirando a cenoura da base, o feijão verde e por ai fora… vejo que as receitas da Sandra não tem essa base e mistura legumes com fruta e leite, não sei como fazer, desculpe a confusão mas é mesmo dúvidas de principiante e de quem tem medo de falhar (já correu tanta coisa mal)… peço desculpa, a repetição, mas o primeiro ficou um pouco confuso a escrita automática dá nisto… obrigada

  • Sara Isabel Jardinha Olho Azul diz:

    … 🙂 Olá Sandra, como diz um velho ditado “quem não sabe é como quem não vê”, e para uma mãe de primeira viagem, tudo são dúvidas… sempre ouvi dizer que se deve iniciar pela sopa, até aqui tudo ok, por a razão que a Sandra já falou aqui inúmeras vezes ( a papa é doce, o que faz com que mais tarde recusem mais facilmente a sopinha). A minha questão é sempre que ouvimos falar da 1º sopinha do bebe,… é batata, cenoura, cebola e por fim um fio de azeite cru… mais tarde a mesma base e acrescenta a alface, a abóbora tirando a cenoura da base, o feijão verde e por ai fora… vejo que as receitas da Sandra não tem essa base e mistura legumes com fruta e leite, não sei como fazer, desculpe a confusão mas é mesmo dúvidas de principiante e de quem tem medo de falhar (já correu tanta coisa mal)… peço desculpa, a repetição, mas o primeiro ficou um pouco confuso a escrita automática dá nisto… obrigada 🙂

  • Sandra Santos diz:

    Olá Sara! A base, como lhe chamam, tem por norma um tubérculo e dois legumes diferentes (verde e amarelo/laranja). Não há nada de errado nisso, antes pelo contrário. Contudo, nas primeiras colheradas, eu aposto na simplicidade. Com sabores individualizados, ao quais, se necessário, junto o leite do bebé (preferencialmente materno), para ajudá-lo a fazer a transição entre o leite e a nova etapa. Facilitando a aceitação do(s) novos sabores. Esta fase não dura muito tempo, apenas os primeiros dias ou semanas. Depois da cenoura pode oferecer por exemplo abóbora ou batata-doce. E aos poucos vai juntando outros legumes, tais como: bróculos, couve-flor, feijão verde, cebola. Com uma colher de chá de azeite. Embora a base seja um bom princípio, como gosto de variar os sabores que lhe ofereço, acabo por não ter essa premissa em consideração. Imagine: se der uma sopa mais laranjinha ao almoço e outra mais verde ao jantar, no final do dia, acaba por oferecer ao bebé praticamente o mesmo mas distribuído de forma diferente. Outras vezes faço sopas mais consistentes com 6 ou 7 legumes. É como lhe digo: vario muito, essa é a minha regra de ouro! beijinhos

  • Diana correia diz:

    Olá Sandra. A minha filha fez agora 6 meses sempre em amamentação exclusiva. Vou iniciar a sopa de cenoura amanhã. A minha dúvida é se dou apenas a sopa ou se dou a sopa e fruta? E neste caso, o que poderia fazer de fruta? Obrigada e continuação de excelente trabalho!

  • Sandra Santos diz:

    Olá Diana,
    Amanhã é o primeiro dia, certo? Dê só a papinha de cenoura!Um passo de cada vez. 🙂 Para nós é relativamente fácil visualizá-los a comerem uma grande pratada de sopa e fruta mas para eles é tudo uma grande novidade e a descoberta de um admirável mundo novo: o de novos alimentos. Às vezes corre logo muito bem, outras vezes precisam de mais tempo e paciência. Não se admire que amanhã só coma uma ou duas colheres de sopa. Tal pode acontecer e é perfeitamente normal. É uma nova fase, não só do ponto de vista comportamental mas também fisiológico e neurológico. Exige alguma calma. Se fosse eu, dedicava a primeira semana aos legumes e só na segunda semana introduziria a fruta. Depois conte-me como correu!

  • Joana Magalhaes diz:

    Ola sandra.estou na Suíça tenho 2 meninos cim 10 e 6 anos.e a nove meses que nasceram as minhas princesas gêmeas.Carolina e Clara.comem muito bem desde os 6 meses porque aos 5 iniciei a sopinha e rebeitavam.amamentei so 4 dias o que me entristeceu visto que os manos foi ate aos 15 meses.gostava de mais ideias práticas e simples mas ao mesmo tempo deliciosas para alem da sopa ,fruta etc…bjs e obrigada pelas ideias

  • Sandra Santos diz:

    Olá Joana!! No blog tem várias sugestões: https://papinhasdaxica.pt/2016/10/crumble-maca-marmelo/
    Se não encontrar os marmelos, não tem mal. pode fazer a receita sem eles e acrescentar uma colher de pasta de tâmaras (https://papinhasdaxica.pt/2016/11/pasta-de-tamaras/) à maçã para o crumble ficar mais docinho! 😉
    Sugiro as bolachinhas de aveia que são óptimas e super saudáveis: https://papinhasdaxica.pt/2016/06/bolachinhas-de-aveia-e-banana/
    Esta papinha, de quinoa e manga é uma excelente alternativa às papas industrializadas: https://papinhasdaxica.pt/2016/07/quinoa-com-manga/
    Se acrescentar papaia madurinha fica ainda mais docinha!
    Esta papinha: https://papinhasdaxica.pt/2017/01/papinha-de-cenoura-laranja-e-gengibre/ tem a laranja, um fruto da época e ingredientes que ajudam a prevenir gripes e constipações.
    Por último, pode fazer as panquecas de abóbora https://papinhasdaxica.pt/2017/01/panquecas-de-abobora/ mas em substituição do leite de vaca, use bebida vegetal (arroz, aveia, coco…), uma vez que o leite de vaca só pode ser introduzido aos 12 meses. Se ainda não introduziu o ovo, substitua-o por uma banana. Dê um vista de olhos pelo blog e vai encontrar muitas outras sugestões. Felicidades para a sua família linda!!

  • Catarina diz:

    Olá Sandra,
    Esbarrei com o blog e não consigo parar de ler receitas 🙂
    Uma pergunta por total desconhecimento: porque diz que se deve fazer o puré com o garfo e não com a varinha? Nunca tinha ouvido tal coisa! Curiosa para ouvir a resposta – vivendo e aprendendo 🙂
    Obrigada e parabéns pelo blog – voltarei certamente!

  • Sandra Santos diz:

    Olá Catarina! Em teoria deveria-se usar o garfo e não a varinha, para que a textura não seja completamente uniforme e desta forma estimular a mastigação. Neste artigo acabo por desenvolver um bocadinho melhor o tema: https://papinhasdaxica.pt/2016/11/o-meu-pequeno-garfo-gourmet/ Se tiver oportunidade pode sempre dar uma vista de olhos! 🙂

  • Melinha Soares diz:

    Olá, Sandra!
    O meu bebé Gil teve que ser alimentado com fórmula desde os 15 dias de vida, infelizmente.
    Agora, com 4 meses e meio, a pediatra recomendou a introdução dos sólidos.
    Ao substituir uma refeição de leite pela papinha de cenoura, não ficarão a faltar nutrientes? Ou devo dar leite depois da papa na mesma, para que fique uma refeição mais completa?
    Obrigada e continuação de um excelente trabalho

  • Vanessa Barbosa diz:

    Olá Sandra! Descobri agora o seu blog e dou lhe os parabéns, é fantástico e as receitinhas até dão água na boca da vontade de experimentar todas parecem deliciosas e sem duvida nutritivas. Eu sou mamã de uma menina de 8 anos a Iara e outra de 4 meses, a Iris, e com este intervalo já não me lembro de muita coisa da primeira filha, como a introdução da alimentação e o seu blog tem sido um conforto nisso.
    A Iris só amamentou em exclusivo até às 11 semanas quando tive que introduzir o leite adaptado, e foi rejeitando a mama cada vez mais até deixar mesmo, apesar de não ser essa minha vontade eles é que ditam o percurso.
    Neste momento estou a começar a introdução de novos alimentos, comecei com o purezinho de cenoura a vapor, e cenoura e batata doce que ela parece gostar bastante. Também já lhe dei papa láctea da nutribem. Ainda só substitui uma refeição de leite, a minha dúvida neste momento é quando introduzir a fruta e uma segunda refeição.
    Vivo em Inglaterra e não tenho nenhuma consulta marcada para abordar este topico, a minha ideia será esta semana introduzir outro legume e começar a substituir o almoço com a sopinha e o lanche ou jantar com a papa, estará bem assim?

  • Sandra Santos diz:

    Olá Vanessa! Terei todo o gosto em elaborar o plano alimentar da Iris mas o ideal para podermos conversar um bocadinho e explicar com detalhe todo o processo da introdução de novos alimentos, seria através da marcação de uma consulta online: https://papinhasdaxica.pt/consultas-online/
    Beijinhos, Sandra

  • Sofia Gonçalves diz:

    Boa noite Sandra, é a primeira vez que vejo o seu blogue é estou a adorar. Gostaria de fazer uma questão, o meu filho faz 5 meses no próximo dia 8 e está com um bom peso apenas com o leite materno, na consulta o pediatra disse para introduzir já a sopa ao almoço, fruta ao lanche com leite materno., e há noite a papa… a minha questão é: devo já iniciar com os sólido, mesmo com ele a crescer saudável até agora, ou devo aguardar até mais próximo dos 6 meses? Obrigada.

  • Sandra Santos diz:

    Olá Sofia! No seu lugar aguardava até mais próximo dos seis meses. Beijinhos

  • Susana diz:

    Boa tarde Sandra, primeiro obrigada pelo seu blog, é uma grande ajuda! O meu bebe tem 6 meses e iniciei a sopa à cerca de 15 dias. Já experimentei vários legumes e ele gosta muito da sopa e também já come maça, pera e banana. No entanto comecei a trabalhar e a meio da manhã preciso de lhe dar algum reforço antes do almoço. Pensei em tirar leite e dar mas ele recusa o biberão e não bebe mesmo. Tenho optado pela papa mas não me parece uma solução viável todos os dias, até porque depois também atrasa muito a hora de almoço. Tem alguma sugestão? Obrigada

  • Jully Aracelly Quaresma Camilo diz:

    Ola o leite tem q ser em pó ou diluido?

  • Sandra Santos diz:

    Olá Jully! Neste caso, aconselho a que seja diluído, ou seja a fórmula já reconstituída. Beijinhos, Sandra

  • Imaculada diz:

    Ola Sandra,

    preciso da tua ajuda tenho uma filha que vai fazer agora 5 messes no dia 20/02/2020 , estou preocupada com o peso dela, esta com 5.100kg.
    ela veio ao mundo com 3.300kg o que me aconselhas .

  • Sandra Santos diz:

    Olá Imaculada! Aconselho-a a marcar uma consulta online ou presencial o quanto antes. Envie-me por favor um e-mail para geral@papinhasdaxica.pt
    Beijinhos,
    Sandra

Deixe um comentário