O risoto é aquele prato terrorífico, cujo ponto é mesmo difícil de acertar! Ora fica muito passado, ora seco e rijo. Como sou fã da cozinha Italiana, volta e meia tento a minha sorte e hoje arrisquei fazer um belo risoto de cogumelos. Para ser franca, não me saí nada mal!
Além disso, como muitas mamãs se sentem perdidas, com a necessidade de inovar, no que toca ao segundo prato do bebé, achei que esta poderia ser uma boa sugestão.
Com uma consistência e textura que normalmente agrada ao bebé, este risoto é simples, rápido de fazer e constitui uma excelente refeição para partilhar em família, a partir de um ano de idade.
Os cogumelos são pouco calóricos e bastante interessantes do ponto de vista nutricional. Eles são razoáveis fornecedores de proteínas, vitaminas do complexo B, cobre e outros minerais. Existem milhares de variedades diferentes mas nem todas são comestíveis. Por isso, nada de andar pelos bosques a apanhar cogumelos com a criançada, especialmente se não sabem distinguir espécies tóxicas de comestíveis.
Em relação ao tomate seco (de compra), este por vezes tem imensoooooo sal adicionado. Consulte a informação nutricional no rótulo, para fazer a escolha mais inteligente!
Ainda: aqui fica a receita do caldo de carne caseiro, necessário para confeccionar o risoto. Só precisa de substituir o frango por carne de vaca, para um sabor mais intenso. Buon appetito!

Deixe um comentário