Quando penso em cacau, viajo sempre até São Tomé. Foi lá, que pela primeira vez comi cacau – o fruto propriamente dito!
Tal memória, deixa-me água a crescer na boca e uma enorme nostalgia no coração.
O cacau é doce mas surpreendentemente fresco e absolutamente delicioso. Para mim, consegue ser ainda melhor que os produtos que dele são obtidos, tais como o cacau em pó e mesmo o chocolate.
O cacau, tem recentemente recebido muita atenção devido ao seu teor em polifenóis, em particular as catequinas e epicatequinas, substâncias com capacidades antioxidantes. Da sua composição gostaria ainda de realçar o conteúdo em magnésio e cobre, que podem atuar de forma sinérgica sobre a inflamação e proteção das células.
Contudo, é necessário garantir, que quando compramos cacau em pó,  optamos por um produto que é 100% cacau, sem qualquer açúcar adicionado.
Feitas as recomendações, resta-me apenas dizer que, estes brownies de batata-doce e cacau fizeram o maior sucesso no nosso piquenique, entre amigos, no Dia do Trabalhador.
A Francisca só dizia: “Há bôlo: mais” e por ela teria devorado tudo, não fosse ter uma ajuda rápida e determinada de todos os presentes em tratar da saúde de cada pedacinho.
Para mim, é sempre uma alegria, ver o sucesso, de cada uma das minhas receitas e contar com a aprovação da minha pimpolha, que sem hesitar e de forma espontânea me diz: “é boum!”
O problema depois é explicar-lhe a noção de “já chega!!”. É que, embora os ingredientes sejam criteriosamente seleccionados e muito interessantes do ponto de vista nutricional, a verdade é que alguns são bastante calóricos e como tal devem ser consumidos com conta, peso e medida. Ouviste Xica? Amanhã já não há “bôlo”!

 

Figura 1

Figura 2

 

 

2 Comments

  • Priscilla diz:

    Olá! Fiz a receita dos brownies, mas fica bem pouco e não sei bem qual é o tamanho do tabuleiro. Fica pouca massa. É normal? Podes dizer o tamanho do tabuleiro que usaste? Obrigada! Beijinhos

  • Sandra Santos diz:

    Olá Priscilla! Eu menciono isso na receita. Na realidade, o meu processador de alimentos tem pouca capacidade e como tal faço sempre pouca quantidade e usei uma forma do tamanho de uma caixa de dvd ou meia folha A4 (só para dar como referência). Beijinhos

Deixe um comentário