Bolachinhas de batata-doce

Pensem numas bolachinhas de batata-doce super fáceis de fazer e com apenas três ingredientes. Exacto, são mesmo estas!

Não esperem que fiquem muito doces, caso contrário as vossas expectativas vão sair defraudadas mas lembrem-se que o bebé não tem as mesmas referências, a nível do paladar, que nós adultos.
Muitas vezes temos tendência a julgar determinado alimento mediante os nossos gostos e preferências e esquecemo-nos que o nosso paladar está mais deturpado e menos sensível ao sabor real dos alimentos.

Ainda assim, estas bolachinhas de batata-doce comem-se super bem e têm uma textura muito agradável que seguramente irá agradar ao bebé. Vamos experimentar?

36 Comments

  • Susana diz:

    Bom dia. Parabéns pelo blog. Já o sigo há algum tempo e tem sido uma ótima inspiração para diversificar as papinhas das miúdas. Estas bolachas serão uma das minha próximas receitas a cozinhar. Quanto tempo acha que elas se conservam? Obrigada

  • teresa ferreira diz:

    Também sou adepta de uma alimentação saudável

  • Lilia Burlacu Rodrigues diz:

    Isso têm tão bom, mas bom aspecto que assim que chegar a casa vou logo fazer. Espero que as minhas princesas gostem.
    Obrigada pelas partilhas, e pelas receitas simples e fáceis de executar.

  • Telma Aires diz:

    Mmmm… parecem-me muito bem! Tanto que acabei de fazer uma fornada, só que a massa ficou muito pegajosa. Será mesmo assim? Até acrescentei mais farinha. Vamos ver como saem…

  • Marta Santos diz:

    Olá Sandra, depois de muita procura não consigo encontrar farinha de coco, aí da me resta um pouco de farinha de serrasin posso usar?

  • Andreia santos nunes diz:

    As minhas bolachinhas ficaram moles Qual a consistência correcta p ficar como bolacha?

  • Elisabete Dias diz:

    Olá Sandra 🙂
    A receita parece-me super interessante mas fiquei com uma dúvida, a caneca de batata doce a que se refere equivale a uma chávena? Se não, quantas gramas são?
    Obrigada!

  • Sandra Santos diz:

    Olá Elisabete! Sim, uma caneca “normal” mais ou menos com a capacidade de 250ml. beijinhos

  • Sandra Santos diz:

    Estas bolachinhas ficam mesmo assim! Beijinhos

  • Sandra Santos diz:

    Olá Lilia, Já experimentou? beijinhos

  • Sandra Santos diz:

    Que bom! Espero que continue a acompanhar-nos! beijinhos

  • Carla Azevedo diz:

    Boa tarde, O meu filho é alérgico ao coco, pode sugerir outra farinha? Beijinhos e felicidades.

  • Sara diz:

    Depois de feitas no dia seguinte ficaram mais moles ainda e pareciam meladas .Era suposto conservar no frigorífico no dia seguinte?

  • Bárbara diz:

    pode-se trocar a farinha de cocó por farinha normal ?

  • Bárbara diz:

    coco *

  • Nádia diz:

    Olá! Estou a fazer estas bolachinhas e adorei o cheiro da massa, só não pus o ovo. Queria saber quanto tempo duram estas bolachinhas num frasco porque a minha pequenina come iogurte natural com bolachas e assim tinha algumas feitas. Obrigada e adoro as suas receitas!

  • Sandra Santos diz:

    Olá Nádia! Como elas não têm qualquer conservante não duram muito tempo… Uns 3 ou 4 dias, apenas! Beijinhos, Sandra

  • Sandra Santos diz:

    Olá Bárbara! Pode mas neste caso não fica a mesma coisa. 🙂 Estas bolachinhas não contêm qualquer açúcar adicionado e a farinha de coco ajuda a dar-lhes um gostinho mais interessante. beijinhos

  • Sandra Santos diz:

    Olá Sara! Tem que guardar imediatamente num recipiente muito bem fechado. Elas absorvem humidade (água), presente na atmosfera e isso faz com que fiquem mais moles. Beijinhos, Sandra

  • Sandra Santos diz:

    Olá Carla! Sim, pode mas nesse caso acrescente um pouco de pasta de tâmaras para adoçar ligeiramente. Beijinhos, Sandra https://papinhasdaxica.pt/2016/11/pasta-de-tamaras/

  • Sandra Santos diz:

    Olá Susana! Como não têm conservantes elas não aguentam muito tempo. Uns 3 ou 4 dias num frasco muito, muito bem fechado! Beijinhos, Sandra

  • Sandra Santos diz:

    Olá Marta! Desculpe mas não estou mesmo a ver o que é serrasin… Pode dar-me alguma dica? Beijnhos, Sandra

  • Sandra Santos diz:

    Olá Telma! São mesmo assim, ficam um pouco pegajosas! 🙂

  • Susana Ferreira diz:

    Ola Sandra
    O meu filho não gosta muito de banana, que outro fruto sugere?
    Adoro o seu blog…

  • Sandra Santos diz:

    Olá Susana, pode substituir por um puré de maçã e tâmaras secas (preferencialmente Medjoul). Beijinhos, Sandra

  • Cristina diz:

    Não me saiu nada bem 🙁 Não sei o que fiz de errado… nem o sabor nem o espeto… 🙁

  • Sandra Santos diz:

    Olá Cristina! Também não faço ideia do que poderá ter corrido mal, até porque a receita é bastante simples… 🙁

  • Sónia Cardoso diz:

    Em primeiro lugar, parabéns pelo blog! Está fantástico, inspirador e vai ao encontro do que se quer hoje em dia em termos de alimentação saudável e variada para os nossos filhos.
    Relativamente a esta receita, em substituição da farinha de côco, posso utilizar alfarroba ou espelta? Como já tem o açúcar da banana… que outra farinha sugere?
    Grata
    Beijinho

  • Sandra Santos diz:

    Olá Sónia! É uma questão de experimentar. Na minha opinião a farinha de coco confere-lhes um paladar mais interessante. Beijinhos

  • Daniela Dionísio diz:

    Ola! Já fiz as bolachinas, só não coloquei a gema de ovo, mas tanto o marido como a bebé adoraram! vou ter que repetir a dose! 😀

  • Sandra Santos diz:

    Olá Daniela! Fico contente que a Lorena tenha gostado. 😉
    Beijinhos,
    Sandra

  • Ana diz:

    Obrigada pelo blog e por todas as receitas 🙂 estas bolachinhas sem o ovo poderão ser dadas a um bebé com menos de 9 meses? A dúvida é a farinha de coco.. obrigada! 🙂

  • Sandra Santos diz:

    Olá Ana!
    Sim, pode dar desde que tenha os devidos cuidados inerentes à introdução de um novo alimento como é o caso do coco.
    Beijinhos,
    Sandra

  • Ana sofia silva diz:

    Boa tarde, a partir de que idade é que se pode introduzir estas bolachinhas de batata doce na alimentação do bebê.

  • Sandra Santos diz:

    Olá Ana,
    A partir dos 9 meses.
    Beijinhos, Sandra

Deixe um comentário