No outro dia, num grupo de facebook houve um post que provocou a maioooooor confusão! Afinal deve-se guardar a sopa no frigorífico quente ou fria?
A temperatura aqueceu, entre as mamãs que começaram a fritar neurónios face a tanta controvérsia! É simples: assim como nós, a maior parte das bactérias gosta de crescer e multiplicar-se à temperatura ambiente. Na grande maioria dos casos, o frio inibe o seu crescimento e o calor destrói-as. Logo o melhor é manter os alimentos fora da zona de perigo, que compreende temperaturas que lhes são mais propícias e vantajosas: entre os 8ºC e os 63ºC. Logo, para as mantermos bem longe não lhes podemos dar essas condições ideais, senão acreditem em mim: elas vão aproveitar! Já conseguiram responder à pergunta inicial?

Não devemos manter os alimentos à temperatura ambiente e como tal, devemos arrefecer imediatamente os alimentos abaixo dos 5 ºC, de modo a inibir o crescimento de grande parte dos microorganismos.

Ah ok, já percebi a confusão, se a explicação é tão simples, qual a razão do mito generalizado de que não se devem guardar os alimentos quentes?

Pense: dentro do interior do frigorífico a temperatura está regulada por exemplo para os 4ºC, ao colocar um alimento quente, a temperatura dentro da máquina vai subir e é necessário repor rapidamente a temperatura inicial previamente programada (4ºC). Tal, obrigará o frigorífico a trabalhar mais, aumentando o seu desgaste e, consumindo maior quantidade de energia. Ainda assim, uma factura da luz mais avultada compensa, um possível encontro imediato com uma população de bichinhos desagradáveis e potencialmente patogénicos, ou seja causadores de doença.

Mais perigoso se torna para subgrupos da população, com um sistema imunitário menos resistente, tais como crianças, idosos, grávidas ou doentes.

Então, o que devo fazer em concreto? Logo que acaba de fazer a sopa, guarde-a em recipientes mais pequenos, passe-os por um banho de água fria para um arrefecimento mais rápido e coloque-a no frigorífico logo de seguida. Não facilite especialmente no tempo quente, que se avizinha estar mesmo aí à porta. Depois de umas duas hora no frigorífico, se for o caso pode passá-la para o congelador.

O mesmo princípio aplica-se no processo de descongelação dos alimentos, que deve ser feito no frigorífico, no microondas ou, numa emergência, sob água corrente fria e nunca à temperatura ambiente. Ou seja, tire a sopa do congelador uma horas antes de quando a prevê consumir e coloque-a no frigorífico. Quando se esquece e precisa de uma descongelação rápida o microondas é melhor opção do que deixá-la em cima do balcão.

Se tiver em conta todos este princípios, a refrigeração e congelação de sopas, mesmo as do bebé são ótimos métodos de conservação de sopa. Boa semana e boas papinhas frescas ou congeladas. 😉

 

7 Comments

  • Rita Santos diz:

    aqui está um assunto que há tanto tempo esperava ver desmistificado 🙂 Agora sim esclarecida 🙂 Beijinhos para si Sandra*

  • No curso que fiz de segurança alimentar (para poder trabalhar na indústria de eventos), sugeriam que se arrefecesse com gelo por exemplo. Ou seja, por gelo numa bacia e arrefecer. Porque o problema de pôr diretamente no frigorífico também é que temporariamente a temperatura do frigorífico vai subir e pode eventualmente estragar os outros alimentos que lá estão. Se bem que o pôr em vários recipientes mais pequenos já arrefece mais rápido os alimentos e logo por aí pode ser a solução para colocá-los no frigorífico logo a seguir. Boa observação. 🙂 Obrigada pelo lembrete.

  • Sandra Santos diz:

    Olá! Sim, deve colocar em recipientes mais pequenos e passar por água fria. Idealmente o gelo seria a melhor solução mas não se vê a fazer isso em casa, pois não? 😉

  • Sandra Santos diz:

    Olá Rita! Ainda bem que gostou do artigo.
    Um grande beijinho!

  • pedro diz:

    Portanto não há problema em acabar de fazer a sopa e metê-la no frigorífico certo?
    Esquecendo a parte de passar por água fria que não me parece relevante.

  • Sandra Santos diz:

    Olá Pedro! Não, não há problema. Beijinhos, Sandra

  • Pedro diz:

    Se possível mais uma questão.
    Podemos meter logo no congelador? ou seja, há algum problema no arrefecimento rápido? ir dos 70ºC (I’m guessing) para os -19ºC
    Como fala no artigo em arrefecer por água fria, e frigorifico e so depois congelador, fiquei na duvida

Deixe um comentário