Estas são provavelmente as últimas cerejinhas deste ano que usei para fazer esta papinha. Muitas mamãs queixam-se que, por vezes, a alimentação dos seus filhotes é um bocadinho monótona, alternando entre papa e iogurte.

No entanto, a partir dos 9 meses o queijo também pode ser introduzido nas papinhas do bebé e assim constituir uma alternativa ao leite e iogurte, de modo a tornar a oferta de alimentos mais diversificada.1 Cerca de trinta gramas de requeijão, a quantidade usada nesta receita, equivale a mais ou menos meio iogurte sólido.2 Então por que não aumentar a dose de requeijão, de modo a perfazer o equivalente a um iogurte? Porque ficaria extremamente doce e menos apetecível do ponto de vista organoléptico.

Ainda assim, o resultado final é uma papinha super nutritiva, já que para além da fruta e do lacticínio, tem ainda a quinoa, um pseudo-cereal, originário dos Andes, que a FAO elegeu em 2013 como alimento do ano!3
Ah!! Não se esqueça de verificar se o requeijão  é feito a partir de leite pasteurizado, pois tal escolha é fundamental para a Segurança alimentar do bebé!

  1. Alimentação no primeiro ano de vida – Guia da Plataforma contra a obesidade (Site da DGS)
  2. Tabela de equivalentes da Plataforma contra a obesidade (Site da DGS)
  3. FAO – International Year of Quinoa 2013

3 Comments

  • Joana Silva diz:

    Olá Sandra! Desde já o meu muito obrigada por este blog, tem-me ajudado imenso a diversificar a alimentação do meu pequeno. E apesar das receitas estarem no blog adquiri o livro para juntar as minhas próprias notas! Pretendo então apresentar o requeijão ao meu pequeno, mas será viável trocar a quinoa por couscous e as cerejas por damascos? Beijinhos, e mais uma vez: obrigada 🙂

  • Sandra Santos diz:

    Olá Joana! Estas receitas são só uma orientação. Agora em casa pode sempre “brincar” usando diferentes combinações e o seu raciocínio está certíssimo, isto é, substitui um cereal por outro e uma fruta por outra, já que são alimentos equivalentes. Parece-me muito bem!

Deixe um comentário