No outro dia recebi uma mensagem de uma mãe preocupada com a ementa na escola do filho. Tinha várias refeições com alimentos que ela considerou “pesados”, como o feijão e o grão. Ora, este preconceito em relação às leguminosas é muito frequente e pode-nos sair caro, quer à saúde, quer à manutenção da nossa identidade gastronómica. Muitas vezes, o que nós consideramos como pesado diz respeito à capacidade que determinado alimento tem de nos saciar. Assim, o feijão, à semelhança de outras leguminosas, desempenha um papel fundamental no controlo do apetite, pois para além de pouco calórico, tem uma grande quantidade de proteína e fibra.
Já o agrião, é uma boa fonte de ferro e vitamina C. Como o feijão também tem ferro, juntos, desempenham um boost extra nas nossas reservas deste importante mineral. Por esta razão, considero esta sopa de agrião e feijão manteiga uma excelente opção para algumas fases do ciclo de vida, nomeadamente infância e gravidez.
Ontem eu estava mesmo a precisar de algo consistente. Às vezes sou como alguns miúdos: preguiçosa para comer. Saber que numa tigela de sopa reúno uma mão cheia de nutrientes importantes e obtenho energia para mais umas horas de trabalho é simplesmente… perfeito!

 

One Comment

Deixe um comentário