Skip to main content

Ontem, quando estava a caminho da escola da Francisca para a ir buscar, não parava de pensar sobre o que iria fazer para o jantar. Estava num daqueles momentos de “branca total”.

Inesperadamente encontro uma amiga, que demorei a reconhecer pois nem fazia ideia que a neta andasse naquela creche.

Eu tenho um problema quando descontextualizo as pessoas dos lugares e como é óbvio a minha miopia também não ajuda. 🙂

Em conversa, o hambúrguer de grão-de-bico veio à baila e lá escutei com atenção a sua dica: usar a farinha de tapioca para que fiquem mais crocantes! Quando chegar a casa já vou testar. Assim como quem não quer a coisa o problema do jantar ficou resolvido.

Depois da sopinha, a Francisca lá comeu dois mini-hambúrgueres e a seguir a fruta e eu fiz o mesmo. Hoje, como tinham sobrado alguns hambúrgueres, fiz para mim uma sanduíche com pão, alface, tomate e abacate. Super prático e uma óptima dica para levar para a praia ou piquenique nestes dias de Verão.

O grão-de-bico e as suas primas leguminosas têm falta de marketing. Coitaditas. Mas na realidade elas mereciam ser mais valorizadas.

O grão-de-bico é uma excelente fonte proteica de baixo valor calórico e com grande teor em fibra, folato, ferro, zinco e vitamina E.

Para as crianças pequenas aconselho a que coza o grão em casa e congele para ter sempre de reserva.

As latas de conserva embora tenham boa qualidade, possuem em geral bastante sal. Para os mais crescidos, pode ser mais prático usar o grão-de-bico enlatado mas não se esqueça de o lavar convenientemente para retirar parte do sal.

Como em tudo na vida, mais vale cair em graça do que ser engraçado mas esta deliciosa receitinha promete trazer à ribalta o nosso amigo grão-de-bico, que bem merece. Espero que gostem!

Gostou desta receita? Espreite estas…

Gostou desta receita?

Espreite estas…

16 Comments

Deixe um comentário