As leguminosas são um grupo da roda dos alimentos, cujo consumo é muitas vezes negligenciado. Devido à sua riqueza nutricional, torna-se importante esclarecer, como e quando oferecer leguminosas ao bebé.

O que são leguminosas?

Este grupo, também conhecido como leguminosas, é composto por todos os tipos de feijão, grão de bico, ervilhas, lentilhas, soja e até o amendoim.

Qual a importância das leguminosas?

As leguminosas são fonte de proteína (cerca de 20 a 25g em 100g) e aminoácidos, de origem vegetal, hidratos de carbono complexo, fibra (entre 5 a 15g por 100g), fitoquímicos, antioxidantes, fitoestrogénios, cálcio, ferro e folato. Por essa razão, devem ser consumidos por toda a população, diariamente, como parte de uma alimentação equilibrada. Sendo especialmente importantes para determinados grupos populacionais, tais como crianças, mulheres em idade reprodutiva, vegetarianos e celíacos.

Quando podem ser oferecidas ao bebé?

De acordo com as recomendações atuais, as leguminosas podem ser introduzidas, na alimentação do bebé, a partir dos 6 meses.

Como oferecer?

As leguminosas devem ser sempre demolhadas, durante pelo menos 8 a 12 horas, bem cozidas e oferecidas em pequena quantidade.

Aos 6 meses, as leguminosas podem ser amassadas com um garfo, formando uma espécie de puré ou sob a forma de patê, como por exemplo húmus. Pode ainda triturá-las na sopa.

Já a partir dos 9 meses, a família pode observar se a criança já aceita o grão inteiro, cozido, sem precisar de o amassar. Atenção que devido ao seu formato é necessário supervisionar a criança, enquanto come.

Aqui ficam algumas sugestões de como oferecer:

Dos 6 aos 9 meses:

Introdução alimentar convencional

Húmus

Creme de ervilhas e hortelã

BLW

Bolinhos de pescada, milho e ervilhas

Croquetes de lentilhas

A partir dos 9 meses:

Sopa de legumes com feijão vermelho e massinhas

Colocar num pratinho e deixar que o bebé treine o movimento de pinça, sempre com a sua supervisão. Pode ainda amassar mas pouco, deixando a leguminosa de ter a forma redonda e passando a formar um disco (bola achatada).

As leguminosas podem fazer mal à barriguinha do bebé?

É comum que os cuidadores observem por exemplo pedaços de casca de feijão nas fezes. Isso é normal e não é motivo para deixar de oferecer o feijão ou outra leguminosa. Algumas crianças podem ter gases devido ao consumo de leguminosas, mas tal, também não é motivo para deixar de oferecê-las. Para melhorar esta condição, recomenda-se demolhar muito bem a leguminosas antes de cozinhar.

Veja aqui quais as vantagens de demolhar os cereais e leguminosas.

Como melhorar a absorção de nutrientes presentes nas leguminosas?

Em refeições sem carne ou peixe, conjugar as leguminosas com alimentos ricos em vitamina C pode ser benéfico para aumentar a absorção do ferro das mesmas.

Associar cereais às leguminosas é também uma excelente forma de obter uma proteína mais completa. (ex: arroz com feijão; grão de bico com massa)

Posso oferecer leguminosas congeladas ou em conserva?

Sim, desde que estas não possuam sal ou aditivos na sua composição.

Contudo, para eliminar parte do sal pode lavar as leguminosas e depois cozê-las, numa água “limpa” (não usar a que vem na lata ou frasco) por mais 10 minutos em água a ferver. Isso vai deixar as leguminosas mais macias. Se for usar na sopa, só precisa lavar.

Exemplos de produtos sem sal adicionado:

 

Leguminosas sem sal, em vidro. À venda nos supermercados Intermarché.


Leguminosas sem sal, em vidro. À venda nos supermercados e on-line no Auchan.

 

Referências bibliográficas:
  • Fewtrell M, Bronsky J, Campoy C, Domellöf M, Embleton N, Fidler Mis N, et al. Complementary Feeding: A Position Paper by the European Society for Paediatric Gastroenterology, Hepatology, and Nutrition (ESPGHAN) Committee on Nutrition. J Pediatr Gastroenterol Nutr. 2017; 64(1):119-32.
  • Nutricional Benefits of Pulses. Food and Agriculture Organization of the United Nations. 2021

Gostou deste artigo? Espreite estes…

Gostou deste artigo?

Espreite estes…

frigorífico Vamos aprender a organizar o frigorífico?
Ver Artigo
melhores cereais Aprenda a escolher os melhores cereais de pequeno-almoço Ver Artigo Como conservar papas caseiras Como conservar papas caseiras
Ver Artigo
oferecer o peixe Como e quando oferecer o peixe ao bebé?
Ver Artigo
Clique para ver as receitas

Deixe um comentário