Como e quando oferecer queijo ao bebé é uma dúvida de muitos pais. O queijo é feito a partir de leite de vaca e também tem sal adicionado. Por isso, será uma boa opção antes do primeiro ano de vida?

Quando oferecer queijo ao bebé?

Bom, o NHS (Sistema Nacional de Saúde Britânico), sugere que o queijo pode ser introduzido a partir dos 6 meses. Contudo, neste mesmo documento sugere a evicção de alimentos com sal adicionado.

Já o CDS (Centro de Controlo e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos), sugere a introdução de iogurte e queijo quando um bebé tem cerca de 7 ou 8 meses de idade.

O ESPGHAN (European Society for Paediatric Gastroenterology, Hepatology and Nutrition) por sua vez refere que todos os alimentos podem ser introduzidos na alimentação do bebé, a partir dos 6 meses, excepto o sal, açúcar, mel, chá de funcho e bebida de arroz.

Portanto e para que fique claro, não há nenhuma recomendação específica de qual a melhor altura para oferecer queijo ao bebé.

Importa ainda referir que o bebé, no primeiro ano de vida, ingere leite materno ou fórmula e como tal, nenhum derivado do leite é essencial – nesta fase em específico – uma vez que em termos nutricionais não acrescenta muito.

Contudo, hoje em dia, sabemos que é importante expor o bebé a alimentos potencialmente alergénios e não atrasar propositadamente a sua introdução.

Sendo a proteína do leite de vaca um desses casos, faz sentido oferecer ao longo dos primeiros meses da introdução alimentar do bebé, alimentos que possuam leite na sua composição, tais como por exemplo o iogurte e o queijo.

Para além disso, o facto de tanto o iogurte como o queijo serem alimentos fermentados faz com que tenham uma maior digestibilidade quando comparados com o leite.

Sendo assim, e como considero que a alimentação complementar é uma maratona e não um sprint, depois de oferecer uma grande variedade de legumes, fruta, cereais, carne e/ou peixe, poderá experimentar o iogurte, que, embora derivado do leite, não tem sal adicionado e então depois o queijo. Tal poderá acontecer por volta dos 8-10 meses, ou até mais cedo ou muito mais tarde e está tudo certo!

Como oferecer queijo ao bebé?

BLW:

O queijo é um alimento passível de causar risco de asfixia, sobretudo se for duro e/ou se for oferecido por exemplo em cubos ou bolas.

Em alternativa, corte o queijo em fatias ou opte por queijos macios e fáceis de barrar numa tosta, por exemplo, até o bebé ter desenvolvido uma mordedura e mastigação coordenadas.

Pode ainda combinar com fruta, como nesta sugestão de Doce de abóbora e maçã e a partir dos 12 meses experimentar este delicioso Brownie de Batata-doce.

Convencional:

Incorpore o queijo em deliciosas papinhas como por exemplo esta Papinha de cereja com quinoa e requeijão.

Quais os melhores queijos para o bebé?

  • Sempre Pasteurizados:
    Ofereça sempre ao bebé queijo pasteurizado. Os bebés e crianças pequenas não devem comer queijos moles curados com bolor, tais como brie ou camembert, ou queijo de cabra curado e queijo mole de pasta azul, tais como roquefort. Existe um risco mais elevado de que estes queijos possam estar contaminados com uma bactéria chamada listeria. Muitos queijos são feitos a partir de leite não pasteurizado. É melhor evitá-los, devido ao risco de listeria. É sempre possível verificar os rótulos dos queijos para se certificar de que são feitos a partir de leite pasteurizado. Contudo, estes queijos podem ser utilizados como parte de uma receita cozinhada, uma vez que a listeria é eliminada, através da cozedura.
  • Preferencialmente gordos, ou pelo menos evite os magros.
  • Ofereça pequenas quantidades e com baixo teor de sal. (idealmente com teor inferior a 1,2g de sal por 100g)

Considerações finais:

  1. Prefira variedades com menos sal, sobretudo no primeiro ano de vida do bebé e ofereça ocasionalmente.
  2. Alguns queijos mais duros representam risco de engasgamento.
  3. O leite de vaca é um alergénico comum e, se for a primeira vez que introduz leite ou derivados, deve fazê-lo com os cuidados habituais.
  4. Alguns queijos contêm aditivos, que não são adequados sobretudo para a alimentação de bebés e crianças pequenas.
  5. Prefira queijos como ricota, mascarpone, mozzarella fresca, queijo fresco ou requeijão se for com baixo sal e sem aditivos. Confira o rótulo!

Artigos relacionados

Quais os queijos que posso consumir na gravidez?

Referências:
National Health Service, UK, Foods to avoid giving babies and young children, artigo revisto a 15 Nov de 2021
Centers for Disease Control and Preventing, When, What, and How to Introduce Solid Foods
Fewtrell M, Bronsky J, Campoy C, Domellöf M, Embleton N, Fidler Mis N, et al. Complementary Feeding: A Position Paper by the European Society for Paediatric Gastroenterology, Hepatology, and Nutrition (ESPGHAN) Committee on Nutrition. J Pediatr Gastroenterol Nutr. 2017; 64(1):119-32.

Gostou deste artigo? Espreite estes…

Gostou deste artigo?

Espreite estes…

pão Qual o melhor pão para o bebé? Ver Artigo iogurtes Posso dar iogurtes de aromas ao bebé? Ver Artigo trigo Como e quando oferecer trigo ao bebé?
Ver Artigo
marisco Como e quando oferecer marisco ao bebé?
Ver Artigo
Clique para ver as receitas

Deixe um comentário