Como já me conhecem, já sabem que para as primeiras papinhas da Francisca optei por combinações muito simples e esta papinha de abóbora e batata-doce não é excepção.
Achei importante actuar desta forma, para que ela se apropriasse do paladar de cada um dos alimentos em separado, nesta sua fabulosa aventura pelo reino dos alimentos!

Tanto a abóbora como a batata-doce são ligeiramente adocicadas e como tal, são do agrado da maior parte dos bebés. Para além disso são de fácil digestibilidade e raramente provocam alergias.

A batata-doce fornecerá aos bebés hidratos de carbono, e deste modo, toda a energia que precisam para nos deixarem completamente babados com as suas primeiras gracinhas.

Apesar de docinha, tem um baixo índice glicémico, o que é fantástico e contém fibra para que o seu intestino ainda imaturo funcione lindamente. Ambos os alimentos  são excelentes fontes de betacaroteno, um poderoso antioxidante, percursor da vitamina A.

Esta vitamina tem várias funções fundamentais, entre elas proteger a pele e as mucosas de infecções e é essencial para o processo da visão. Afinal não é só a cenourinha que deixa os olhos bonitos e não há nada mais extraordinário do que aqueles olhinhos doces e curiosos que nos deliciam e enchem de amor!

Gostou desta receita? Espreite estas…

Gostou desta receita?

Espreite estas…

Puré de Alho-Francês e Legumes Puré de Alho-Francês e Legumes
Ver Receita
Papa de Arroz e Maçã Papa de Arroz e Maçã
Ver Receita
Papinha de Cenoura Papinha de Cenoura
Ver Receita
Papinha de Pera e Cherovia Papinha de Pera e Cherovia
Ver Receita
Clique para ver as receitas

39 Comments

  • Tânia diz:

    Boa tarde Sandra, sou mamã de primeira viagem, o meu filho tem 4 meses e vai iniciar as papas, o pediatra aconselhou papás para 4 meses sem gluten da nutriben ou bledina ou cerelac e preparadas com água. Posso preparar alguma papinha caseira? As sopas é a partir dos 6 meses não é? Obrigada

  • Rute silva diz:

    Ola sandra sou mae de primeira viagem e o pediatra ja libetou as primeiras papas para o meu bebe. Esta com 4 meses para 5. O que me aconselha a dar para sopinha para variar e fugir da rotineira batata e cenoura. E tb o que de frutinhas?

  • Andreia Silva diz:

    Boa noite Sandra, esse puré tem mesmo bom aspecto 🙂 só uma pergunta, a batata doce não provocou gases na sua bebé?

    • Sandra Santos diz:

      Olá Andreia! Não notei que tivesse causado gases ou mais do que o “normal”. Na realidade, a batata-doce é por norma um alimento com muito boa digestibilidade e muito bem tolerada pelo bebé. No entanto, a batata-doce possui alguma fibra. A fibra alimentar consumida atravessa o intestino grosso, sendo neste local parcialmente ou totalmente fermentada pelas bactérias intestinais. Durante o processo de fermentação, vários subprodutos são formadas, como ácidos gordos de cadeia curta e gases. Esses ácidos gordos de cadeia curta também produzidos durante a fermentação da fibra, pelas bactérias intestinais, são uma grande fonte de energia para as células do cólon, podendo inibir o crescimento e proliferação de células cancerígenas a nível do intestino. Já os gases são uma consequência da fermentação e têm que ser libertados. Embora por vezes incómodos são inofensivos e um sinal e estas bactérias “boas” estão a fazer o seu trabalho! 🙂

  • Catarina Brás diz:

    Bom dia Sandra … esta papinha é para dar a em que altura do dia? É mesmo uma papa ou poço dar ao meio dia como sopinha? A minha Francisca vai iniciar agora a sopa e a pediatra recomendou esta sopa apenas com mais um ingrediente a alface….

    • Sandra Santos diz:

      Olá Catarina! Sugiro que dê ao almoço. Na realidade eu chamo papinha à comidinha em geral, tanto faz ser uma papinha de legumes, fruta ou cereais, o que às vezes causa alguma confusão, já que se convencionou que papa é por norma de cereais e que se dá ao lanche! 🙂 Um grande beijinho para si e a para a sua Francisquinha!

Deixe um comentário